Homenagem do Dia do Amigo

Ouçam essa música enquanto leem o texto:

Meus melhores amigos

Fico pensando o que o termo “melhor amigo” quer dizer. Minha mãe me dizia que amigos são os pais, que se comprometem a acompanhar sua vida e fazer parte de absolutamente TUDO que envolva você. São as pessoas que decidem conhecer cada aspecto do seu ser – dos bons aos maus -, que estendem a mão para ajudar mesmo quando elas estão sem forças, que abrem mão de algumas coisas para passar um tempo contigo e curtir momentos de descontração, que deixam de receber para poder lhe dar, que compartilham uma vida e não apenas instantes… Sendo assim, eu não acho que devemos classificar amigos como melhores ou piores, pois isso depende mais do coração que da vontade dessas pessoas. Por isso, acho que “melhor amigo” é apenas mais uma forma de dizer “família”.

Nem sempre nossa família se dedica a conhecer todas as nossas facetas ou respeitar todos os nossos pensamentos. Mas o importante é que dividimos a mesma vontade de ver o outro bem – embora às vezes não saibamos colocar isso direito -, que poderemos contar com ajuda assim que precisarmos, que sentiremos segurando quando deitarmos para dormir e que, acima de tudo, SEMPRE estaremos ligados à cada uma dessas pessoas que nasceram sob o mesmo sobrenome. Pais, irmãos, avós, tios, primos… e melhores amigos. Não importa quantos erros cometam ou quantos problemas podem nos trazer, serão sempre parte da nossa vida. Podemos tentar deserdar alguém e não querer ver nunca mais na vida, mas não podemos mudar aquela ligação que existe desde o nascimento. Ou, no caso da amizade, desde o momento em que nosso coração bate mais forte.

Eu não vou dizer que sou apaixonado pelos meus amigos, porém amo alguns deles. Pois a amizade, a verdadeira amizade, não é apenas sentir empatia ou gostar de passar alguns momentos com uma pessoa divertida. Pra mim, é quando olhamos para uma pessoa que traz harmonia para nossa vida e podermos dizer, sem hesitação, que amamos. Então, se algum dia chamei você de amigo e disse que o amo, pode apostar que é meu melhor amigo. Uma frase clichê já diz: “amigo é uma escolha do coração”.

Pouquíssimas pessoas tiveram a oportunidade de ouvirem de mim essas palavras: “você é meu amigo e eu te amo”. Não estou falando sobre o amor “eros”, que é quando também sentimos atração física pela pessoa, e sim do amor “ágape”. Quando uma pessoa desperta um sentimento que você conhece, mas inicialmente não reconhece. Quando você sente uma afeição MUITO maior pela pessoa, lembrando o sentimento de irmandade. Quando essa pessoa passa a se tornar importante pra você a ponto de fazê-lo se mover para ajudar antes mesmo que algo ruim aconteça… Pessoas que aos poucos se tornam melhores amigos e parte da sua família.

Meus primeiros melhores amigos foram meus pais e meus irmãos. Independente das coisas que acontecerem, sempre vou me recordar dessas pessoas e me sentir agradecido pelos vários momentos de felicidade que me trouxeram. Foram os primeiros a moldar quem sou, os primeiros a dividirem novas experiências, os primeiros a se importarem comigo, os primeiros a me amarem, os primeiros a me apoiarem… meus primeiros amigos. Eles têm seus defeitos, e eu os meus, mas ainda nos amamos.

Os outros, que foram escolhidos pelo coração, também são parte da minha família. Minha melhor amiga, que decidiu ser minha companheira de vida sem nem namorarmos ou casarmos, e que prometeu acompanhar meus passos até o fim das nossas vidas, é a Amanda Carvalho. Outras duas pessoas, que simplesmente não consigo parar de ver como amigas mesmo que tenhamos nos afastado bastante, são as irmãs Bruna e Bárbara. Também tem Verônica Ribeiro, por quem tenho um estranho e inexplicável sentimento de fraternidade. A Aline Moura, que dividiu comigo parte dela e me escutou todas as noites durante vários dias. Além do Arthur Russi, uma pessoa que se tornou inenarravelmente importante em minha vida. Sem contar todos os outros amigos que apareceram em minha vida e decidiram partilhar sua essência comigo. São melhores amigos que quero ter ao meu lado quando concluir a faculdade, quando arranjar o emprego sonhado, quando realizar grandes façanhas ou quando nada disso der certo.

Então, agradeço a cada um desses meus amigos por todos os momentos fantásticos que me proporcionaram. Alguns podem não ter nascido com meu sobrenome e nem compartilhado nenhum grau de parentesco, mas considero que fazem parte da milha família. São as pessoas que quero que estejam ao meu lado daqui até a eternidade, pois nossos destinos foram traçados na maternidade (ouçam a música abaixo). Eu amo muito cada um de vocês.

Pra finalizar, dedico um grande beijo para minha mãe, Adriana da Silva Andrade. Essa é mulher mais forte e sensata que conheci, e também a pessoa que me ensinou o que é amizade. Obrigado por tudo, mãe.

Um feliz Dia do Amigo para todo o mundo! ;D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s